Samsung recolhe milhões de Galaxy Note 7


Samsung recolhe milhões de Galaxy Note 7

Samsung anunciou que está recolhendo mais de dois milhões de Galaxy Note 7, após relatos de baterias explodindo.

A questão ganhou ampla atenção quando o YouTuber Ariel Gonzalez colocou o vídeo de um Galaxy Note 7 em chamas, com Gonzalez alegando que aconteceu imediatamente após o início do carregamento do dispositivo bomba - ele disse também que estava usando um carregador oficial da Samsung.

Hoje a Samsung emitiu um comunicado oficial admitindo o problema e confirmando a suspensão das vendas do aparelho. Segundo a empresa, até ao momento, "foram reportados 35 casos a nível global e estamos atualmente procedendo uma inspeção completa para identificar possíveis baterias afetadas".