772 terroristas do ISIS foram mortos em Mosul


Um total de 772 terroristas do Estado Islâmico foram mortos e 23 outros detidos desde o começo da ofensiva para libertar Mosul, localizada cerca de 400 quilômetros ao norte de Bagdá

Um total de 772 terroristas do Estado Islâmico foram mortos e 23 outros detidos desde o começo da ofensiva para libertar Mosul, localizada cerca de 400 quilômetros ao norte de Bagdá.

Forças iraquianas anunciaram que mais de 700 militantes ISIS foram mortos e quase duas dúzias de outros presos desde que as forças governamentais e os combatentes aliados lançaram uma grande operação para desalojar os terroristas da cidade de Mosul.

O comunicado acrescenta que 127 carros-bomba, 27 lançadores de morteiros improvisados, sete cintos explosivos e um local de armazenamento de armas de grande porte também foram destruídos durante o período.

A declaração acrescentou que 1,5 toneladas de nitrato de amônio, nove morteiros de 120 milímetros, 380 morteiros, 61 foguetes Katyusha, 31 lançadores de mísseis, três metralhadoras PK e quatro lança-granadas anti-tanque também foram confiscados.

As forças iraquianas também destruíram quatro canhões, apreenderam uma caravana, quatro metralhadoras pesadas e descobriram duas oficinas de fabricação de bombas.

O comunicado observou que um enorme êxodo de pessoas de Mosul poderia ocorrer dentro dos próximos dias, alertando que os terroristas islâmicos poderiam recorrer à "armas químicas rudimentares", como parte dos esforços para neutralizar as forças do governo.