CIA pode tentar uma 'mudança de regime' nas Filipinas


Os Estados Unidos poderiam tentar derrubar o governo da presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte usando a Agência Central de Inteligência (CIA), após o anúncio da "separação" dos Estados Unidos, de acordo com Ron Paul, ex-congressista dos EUA e candidato presidencial

Os Estados Unidos poderiam tentar derrubar o governo da presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte usando a Agência Central de Inteligência (CIA), após o anúncio da "separação" dos Estados Unidos, de acordo com Ron Paul, ex-congressista dos EUA e candidato presidencial.

Durante uma visita à China na semana passada, o presidente Duterte anunciou uma "separação dos EUA", dizendo que a separação se aplicava a cooperação militar e econômica entre Washington e Manila.

No entanto, um dia depois, Duterte voltou ligeiramente atrás, dizendo que ele não queria dizer "separação" total dos Estados Unidos.

Apesar do pronunciamento de "separação" entre Duterte e Washington, o secretário de Defesa norte-americano Ashton Carter insistiu na sexta-feira que o seu país pretende manter os seus compromissos com as Filipinas.

Paul disse que o anúncio do presidente Rodrigo Duterte pode forçar os EUA a mudar sua "política externa agressiva, na Ásia e em outros lugares," e começar a "reparar relações tensas com as Filipinas e além."

A CIA falhou na Turquia, Síria e Irã e vai falhar nas Filipinas também.