CNN corta seus laços com Donna Brazile


A CNN cortou seus laços com a contribuinte Donna Brazile seguindo as recentes revelações do WikiLeaks

A CNN cortou seus laços com a contribuinte Donna Brazile seguindo as recentes revelações do WikiLeaks.

A organização disse que estava "completamente desconfortável" com o que tinha apurado sobre "suas interações com a campanha de Clinton, enquanto ela era uma colaboradora da CNN."

"Em 14 de outubro, a CNN aceitou a renúncia de Donna Brazile como uma colaboradora da CNN. (Seu negócio já tinha sido suspenso em julho, quando ela se tornou a chefe interina do DNC)," a porta-voz Lauren Pratapas da CNN disse em um comunicado.

Brazile twittou em referência à notícia de segunda-feira, agradecendo a rede e dizendo que ela teve a honra de ter sido uma comentarista.