Rody Duterte: EUA tem 2 anos para sumir das Filipinas


Filipinas ficarão livres da presença militar estrangeira nos próximos dois anos, afirmou o presidente Rodrigo Duterte; "Durante os próximos dois anos, o meu país será liberado da presença de tropas estrangeiras. Eu quero que elas saiam", afirmou Duterte; antes, o presidente filipino anunciou que está na hora de seu país se despedir dos EUA, mas depois suavizou sua retórica declarando que as Filipinas não podem romper as relações com os americanos, mesmo precisando de "se desligar da política externa" norte-americana; aproximação do país com a China tem elevado a tensão na região

Filipinas ficarão livres da presença militar estrangeira nos próximos dois anos, afirmou o presidente Rodrigo Duterte; "Durante os próximos dois anos, o meu país será liberado da presença de tropas estrangeiras. Eu quero que elas saiam", afirmou Duterte; antes, o presidente filipino anunciou que está na hora de seu país se despedir dos EUA, mas depois suavizou sua retórica declarando que as Filipinas não podem romper as relações com os americanos, mesmo precisando de "se desligar da política externa" norte-americana; aproximação do país com a China tem elevado a tensão na região.