Hillary Clinton: Arábia Saudita e Qatar estão financiando o ISIS


Clinton enviou o e-mail em 17 de agosto de 2014 para Podesta. Era um plano de oito pontos para derrotar o ISIS no Iraque e na Síria

Hillary Clinton enviou um e-mail para o seu presidente de campanha John Podesta, em 2014, que era então conselheiro de Barack Obama, que disse que a Arábia Saudita e Qatar estão ambos dando apoio logístico e financeiro para o Estado Islâmico e outros grupos sunitas extremistas, de acordo com um recente lançamento do Wikileaks.

Clinton enviou o e-mail em 17 de agosto de 2014 para Podesta. Era um plano de oito pontos para derrotar o ISIS no Iraque e na Síria. O e-mail de Clinton disse que os Estados Unidos deveriam apoiar as forças curdas no chão e evitar o uso de uma operação terrestre convencional.

"Embora a operação esteja avançando, precisamos usar nossos recursos de inteligência e diplomáticas mais tradicionais para fazer pressão sobre os governos do Qatar e da Arábia Saudita, que estão proporcionando apoio financeiro e logístico clandestino para o ISIS e outros grupos sunitas radicais da região", Clinton escreveu.

A ex-secretário de Estado acrescentou: "Este esforço será reforçado pelo compromisso intensificado pelo [governo regional curdo]. O Catar e os sauditas serão colocados em uma posição de equilíbrio político entre a sua concorrência em curso para dominar o mundo sunita e as consequências da grave pressão dos Estados Unidos".

Qatar tem doado entre 1 milhão e 5 milhões de dólares para a Fundação Clinton e a Arábia Saudita já doou 25 milhões para a Fundação.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: E-mail de Hillary para John Podesta