Paquistanês está processando a CIA


Apelamos às autoridades para não deixar Jonathan Banks escapar do Paquistão

Em 2010, um jornalista paquistanês que perdeu seus parentes em um ataque não tripulado dos EUA procurou cobrar agência de espionagem da América no Paquistão pelos assassinatos.

"Apelamos às autoridades para não deixar Jonathan Banks escapar do Paquistão", disse Karim Khan.

Banks foi o suposto chefe da CIA colocado em Islamabad. Khan apresentou uma queixa policial formal para impedir a autoridade norte-americana de abandonar o Paquistão, e também procurou 500 milhões de dólares em danos do governo dos EUA.

Agora, um tribunal superior em Islamabad ordenou que o governo do Paquistão inicialmente entrasse com um processo penal contra a CIA. "Finalmente, Islamabad ordenou que o governo do Paquistão iniciasse um processo penal contra agentes da CIA em Islamabad", Mirza Shahzad Akbar, advogado de Kareem Khan, disse à RT.