Rússia condena ataque aéreo americano perto de Kirkuk


A Rússia condenou o recente bombardeio americano na província de Kirkuk, Iraque, dizendo que a coalizão liderada pelos EUA está cometendo crimes de guerra no país árabe

A Rússia condenou o recente bombardeio americano na província de Kirkuk, Iraque, dizendo que a coalizão liderada pelos EUA está cometendo crimes de guerra no país árabe.

"A julgar pelos relatos de testemunhas oculares, o cortejo fúnebre foi confundido com terroristas pelo aviação da coalizão. Dezenas de civis iraquianos morreram, incluindo mulheres e crianças", disse o porta-voz do Ministério da Defesa russo Igor Konashenkov.

Ele acrescentou que o reconhecimento russo tinha localizado dois jatos realizando ataques aéreos sobre Daquq, localizado a 30 quilômetros ao sul de Kirkuk, ressaltando que não havia militantes do Estado Islâmico lá.

Konashenkov observou ainda que os ataques da coalizão liderada pelos EUA sobre áreas residenciais tinham a marca de "crimes de guerra".

"Temos observado várias vezes que estes ataques mortais ... que têm todas as características de crimes de guerra, praticamente se tornou uma rotina diária da coalizão internacional", disse ele.