WikiLeaks divulga discursos de Hillary para Goldman Sachs


Três dos discursos remunerados que Hillary Clinton fez para o banco Goldman Sachs foram divulgados pelo site WikiLeaks

Três dos discursos remunerados que Hillary Clinton fez para o banco Goldman Sachs foram divulgados pelo site WikiLeaks, pondo em evidência os vínculos nada elegantes entre o Partido Democrata e um dos principais atores de Wall Street bem na reta final da disputa pela Casa Branca.

A campanha de Hillary não questionou a autenticidade das notas divulgadas, que fazem parte de uma enorme quantidade de documentos hackeados pelo WikiLeaks do chefe de campanha da ex-secretária de Estado, John Podesta.

A equipe de Hillary culpou o governo russo pelo pirataria, uma opinião compartilhada pelo governo americano, e acusou o site que há anos divulga documentos oficiais de tentar ajudar o adversário republicano de Clinton, Donald Trump.