Apoiante de Trump faz greve de fome em protesto


Um apoiante dedicado de Donald Trump durante a última campanha presidencial, começou uma greve de fome para denunciar a recontagem dos votos

Um apoiante dedicado de Donald Trump durante a última campanha presidencial, começou uma greve de fome para denunciar a recontagem dos votos.

Sr. Green diz que está repugnando este processo "antidemocrático", e afirma que ele está decido a morrer de fome em nome da democracia.
"Clinton e seus criminosos estão a tentar roubar a eleição e alguém tem que fazer algo sobre isso!", disse o homem ao Eau Claire Tribune.
Ele espera que sua ação possa ajudar a bloquear as campanhas de Jill Stein que também estão avançando em Michigan e Pensilvânia.

Trump ganhou nesses estados por um total coletivo de cerca de 104.000 votos, dando-lhe uma vitória no Colégio Eleitoral sobre Hillary Clinton.

Se as recontagens darem a vitória para Hillary em todos os três estados, ela poderia ser declarada presidente em vez de Donald Trump.