As escolhas perigosas de Trump


Como a equipe de transição de Trump continua a debater quem vai preencher posições importantes no gabinete, a concorrência entre os potenciais nomeados está crescendo mais feroz

Como a equipe de transição de Trump continua a debater quem vai preencher posições importantes no gabinete, a concorrência entre os potenciais nomeados está crescendo mais feroz.

Até agora, Trump tem nomeado Reince Priebus como chefe de gabinete e o controverso executivo do Breitbart, Steve Bannon.

Trump escolheu o homem que a Bloomberg, considerou, a dada altura, “o mais perigoso chefe operacional político da América“. O homem em causa é Steve Bannon, um empresário ligado aos meios de comunicação social e antigo líder do Breitbart News, um portal de notícias conservador que celebrou a vitória de Trump e já foi acusado, no passado, de ser um veículo incendiário de mensagens de ódio racial.