A CIA criou o ISIS


O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, disse hoje que a CIA foi responsável por preparar o caminho para o Estado Islâmico

O fundador do WikiLeaks, Julian Assange, disse hoje que a CIA foi responsável por preparar o caminho para o Estado Islâmico.

No sexto aniversário do primeiro "Cablegate" liberado pelo WikiLeaks, que lança seu primeiro lote de arquivos confidenciais dos EUA, em 28 de novembro de 2010, WikiLeaks ampliou seu Public Library of US Diplomacy (PLUSD) com 531,525 novos telegramas diplomáticos de 1979.

Em um comunicado, para coincidir com o lançamento dos telegramas, conhecidos como "Cabos Carter III", Assange explicou como acontecimentos que se desenrolaram em 1979, começaram uma série de eventos que levaram à ascensão do ISIS.

Assange disse que uma decisão da CIA, juntamente com a Arábia Saudita, para arar bilhões de dólares para armar os combatentes mujahedins no Afeganistão para combater a União Soviética, levou à criação do grupo terrorista al-Qaeda.

Este, por sua vez, levou aos ataques terroristas em 11/9, a invasão do Iraque pelos EUA, levou a criação de ISIS.