Fidel Castro morreu em Havana


Ex-presidente Fidel Castro, um dos mais antigo e mais emblemáticos líderes do mundo, morreu aos 90 anos

Ex-presidente Fidel Castro, um dos mais antigo e mais emblemáticos líderes do mundo, morreu aos 90 anos.

Fidel Castro morreu em Havana na noite de 25 de novembro de 2016, aos 90 anos. A morte do líder cubano foi anunciada pela TV estatal cubana. Castro morreu às 22h29 e o corpo do ex-presidente de Cuba será cremado, "atendendo a seus pedidos", informou Raúl Castro, na TV estatal.

Castro derrubou o governo em 1959, a introduziu uma revolução comunista. Ele desafiou os EUA durante décadas, sobrevivendo a muitos planos de assassinato.

Seus apoiantes disseram que ele tinha dado Cuba de volta para as pessoas.

Crise com os EUA

Em abril, Castro formalizou Cuba como um estado socialista. No dia seguinte, cerca de 1,3 mil exilados cubanos apoiados pela CIA atacaram a ilha pela Baía dos Porcos, em uma tentativa de derrubar o governo.

O ataque foi um fracasso – centenas de pessoas foram mortas e quase mil capturadas. Os EUA negaram seu envolvimento, mas revelaram que os exilados foram treinados pela CIA. Décadas depois, o país confirmou que a ação vinha sendo planejada desde 1959.

O incidente fez Castro consolidar seu poder. Em maio do mesmo ano, ele anunciou o fim das eleições democráticas no país e denunciou o imperialismo americano. Che Guevara assumiu o Ministério da Indústria.

Cuba declarou 9 dias de luto oficial pela morte de Fidel Castro.