Parlamento britânico precisa aprovar do Brexit


A Alta Corte da Inglaterra decidiu na quinta-feira (3) que o governo britânico precisa da aprovação parlamentar para dar início ao processo de saída da União Europeia, que ficou conhecido como Brexit

A Alta Corte da Inglaterra decidiu na quinta-feira (3) que o governo britânico precisa da aprovação parlamentar para dar início ao processo de saída da União Europeia, que ficou conhecido como Brexit. A Justiça avaliou que apenas o resultado do referendo de junho, que aprovou o afastamento do bloco europeu, não é suficiente. O governo afirmou estar decepcionado com a decisão judicial e que vai recorrer.

Na prática, a decisão judicial determina que o governo britânico não tem poder para acionar o Artigo 50 do Tratado de Lisboa da União Europeia, que a nova premiê britânica, Theresa May, tinha a intenção de fazer até o final de março de 2017. Após acionar esse artigo, o Reino Unido terá um período de dois anos para fechar os acordos considerados os mais complexos na Europa desde a Segunda Guerra Mundial.