Segunda noite de festa em Miami


Nem chuva, nem a fadiga drenaram a energia dos cubanos-americanos em Miami, os cubanos passaram a segunda noite celebrando a morte de  Fidel Castro

Nem chuva, nem a fadiga drenaram a energia dos cubanos-americanos em Miami, os cubanos passaram a segunda noite celebrando a morte de  Fidel Castro.

A dança e o canto continuou na manhã de domingo, desde que multidões saíram pela primeira vez para as ruas para comemorar a notícia da morte do líder revolucionário.

Cerca de dois milhões de cubanos vivem nos Estados Unidos, cerca de 70 por cento deles na Flórida. A grande maioria vivem em Miami.

A folia durou todo o dia de sábado e continuou até a noite.