CIA e exército dos EUA praticaram tortura no Afeganistão


Investigações preliminares sugerem que as forças dos EUA podem ter torturado presos durante interrogatórios no Afeganistão

Investigações preliminares sugerem que as forças dos EUA podem ter torturado presos durante interrogatórios no Afeganistão.

A procuradora-chefe do Tribunal Penal Internacional (TPI), Fatou Bensouda, declarou que as provas a sua disposição até o presente momento permitem supor que a CIA e os militares norte-americanos no Afeganistão praticaram torturas e outros crimes de guerra durante interrogatórios.

“A informação da qual dispomos no momento oferece fundamentos suficientes para supor que, durante o interrogatório dos detidos… membros das forças armadas dos EUA e da CIA recorreram a meios considerados pela comissão como crimes de guerra. Inclusive torturas, maus tratos, bem como crimes contra honra e violência”, afirmou a procuradora em seu relatório anual sobre investigações preliminares.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Tribunal Penal Internacional: CIA e exército dos EUA praticaram tortura no Afeganistão