A escolha mais sensível de Trump


O anúncio de que Trump recrutou o tenente-general Michael Flynn como assessor de segurança nacional é particularmente alarmante

O anúncio de que Trump recrutou o tenente-general Michael Flynn como assessor de segurança nacional é particularmente alarmante. Flynn é inteligente e conhece o mundo muito bem, mas ele foi demitido de seu último emprego no governo por incompetência. Pior, ele hoje é considerado por muitos especialistas em política externa republicanos e democratas como uma péssima escolha.

De fato, para um oficial de inteligência, Flynn parece ter dificuldade em distinguir a verdade da mentira. No início deste mês, ele twittou uma obviamente uma história falsa alegando que a polícia tinha encontrado e-mails ligando Hillary Clinton a crimes sexuais com crianças. 

Para chefe de gabinete, Flynn escolheu seu filho, que é um lunático, ele chamou o presidente Obama de comunista e fascista, tweetando comentários racialmente insensíveis.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Trump Embarrasses Himself and Our Country