Trump não acredita em aquecimento global


A eleição do republicano Donal Trump, que declaradamente não acredita em mudanças climáticas, pode acabar com a liderança do país na luta internacional contra o aquecimento global

A eleição do republicano Donal Trump, que declaradamente não acredita em mudanças climáticas, pode acabar com a liderança do país na luta internacional contra o aquecimento global. E ainda, de acordo com analistas internacionais, deve levar ao surgimento de um novo e improvável líder: a China.

A China trabalhou de perto com a administração do presidente Barack Obama para ganhar impulso antes do Acordo de Paris de 2015 sobre mudanças climáticas. A parceria dos dois maiores emissores de gases causadores do efeito estufa fez com que quase 200 países apoiassem o pacto no histórico encontro na capital francesa.