Berlim chora saída de Renzi

Angela Merkel, tomou conhecimento "com pesar" da renúncia do primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, informou o porta-voz do governo alemão

Após o anúncio de renúncia do primeiro-ministro da Itália, governo da Alemanha ressalta ser importante manter o curso político e econômico. A chanceler federal alemã, Angela Merkel, tomou conhecimento "com pesar" da renúncia do primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, informou o porta-voz do governo alemão, Steffen Seibert, nesta segunda-feira (05/12).

Estamos de volta na era Grillo, ele (não é o melhor cara, mas é eurocéptico e populista).

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Berlim lamenta saída de Renzi

Loading...