Petraeus: 'cometi um erro grave'


O ex-diretor da CIA, David Petraeus, disse no domingo que ele "cometeu um erro grave" cinco anos atrás, quando ele compartilhou informações confidenciais com o sua biógrafa e ex-amante, Paula Broadwell

O ex-diretor da CIA, David Petraeus, disse no domingo que ele "cometeu um erro grave" cinco anos atrás, quando ele compartilhou informações confidenciais com o sua biógrafa e ex-amante, Paula Broadwell.

"Há cinco anos, eu cometi um erro grave. Confessei, eu me desculpei por isso, eu pago um preço muito pesado por ele, e eu aprendi com isso", Petraeus, um candidato para servir como secretário de Estado na administração do presidente eleito Donald Trump, disse.

Petraeus, renunciou ao cargo de diretor da CIA em 2012, quando uma investigação do FBI descobriu os e-mails que ele tinha trocado com Broadwell.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: PETRAEUS: 'I made a serious mistake'