Chefe da Samsung está encurralado na Coreia

Procuradores especiais da Coreia do Sul interrogaram nesta quinta-feira o chefe do conglomerado Samsung Group, Jay Yong Lee, por suspeita de pagamento de subornos em um escândalo de tráfico de influência que levou a um processo de impeachment contra a presidente Park Geun-hye

Procuradores especiais da Coreia do Sul interrogaram nesta quinta-feira o chefe do conglomerado Samsung Group, Jay Yong Lee, por suspeita de pagamento de subornos em um escândalo de tráfico de influência que levou a um processo de impeachment contra a presidente Park Geun-hye. Ele é vice-presidente da companhia, mas é quem comanda a empresa desde que seu pai, Lee Kun hee, se afastou em 2014 após sofrer um ataque cardíaco.

Chocante que algo assim pudesse estar acontecendo com uma empresa tão moralmente escrupulosa como a Samsung. 

Loading...