Mark Zuckerberg não é mais um ateu

"Fui criado judeu e depois passei por um período em que questionei as coisas, mas agora eu acredito que a religião é muito importante", diz Mark Zuckerberg.