Loading...

8 de abr de 2017

Dezessete são presos por planejar morte de político na Moldávia

Dezessete pessoas foram detidas na Moldávia e na Ucrânia, os suspeitos estavam planejando matar um dos políticos mais poderosos da Moldávia

Dezessete pessoas foram detidas na Moldávia e na Ucrânia, os suspeitos estavam planejando matar um dos políticos mais poderosos da Moldávia.

As autoridades sabiam das ordens de duas pessoas sem nome para assassinar Vladimir Plahotniuc, um influente empresário e presidente do Partido Democrata, o maior partido da coalizão governista pró-europeia da Moldávia.

A polícia disse que os suspeitos receberam 100 mil dólares e que deveriam receber um total de 200 mil dólares.

As autoridades detiveram oito pessoas na Moldávia e nove na Ucrânia, a polícia também apreendeu um número não especificado de lançadores de granadas, duas pistolas, telefones, perucas e bigodes.

Em uma declaração, o Partido Democrata disse que "condenou firmemente este ato criminoso".

O ministro do Interior da Ucrânia, Arseni Avakov, disse na sexta-feira que as autoridades interceptaram uma tentativa de assassinato contra Plahotniuc.
COMPARTILHAR ISSO:

Loading...