2 de jul de 2017

Regime israelense liberta Ehud Olmert

Ehud Olmert foi condenado em 2014 por ter aceitado subornos para promover um projeto imobiliário em Jerusalém e obstruído a justiça

Ehud Olmert foi condenado em 2014 por ter aceitado subornos para promover um projeto imobiliário em Jerusalém e obstruído a justiça. As acusações referiam-se a um período em que ele era prefeito de Jerusalém e ministro do comércio, antes de se tornar primeiro-ministro em 2006.