Digite algo e pressione enter

MichellHilton@Outlook.com
author photo
Por Em
O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, suspendeu a polêmica guerra às drogas, que acabou com uma campanha sangrenta que deixou milhares de mortos.

O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, suspendeu a polêmica guerra às drogas, que acabou com uma campanha sangrenta que deixou milhares de mortos.

A repressão resultou em quase 3.900 óbitos, segundo dados oficiais da polícia.

No entanto, grupos de direitos humanos e críticos afirmam foram muito mais.

Em seu discurso na quinta-feira, Duterte ameaçou expulsar embaixadores europeus que criticaram suas táticas de guerra contra drogas.

Esta é a segunda vez que Duterte suspendeu sua campanha contra as drogas. Em janeiro, ele fez uma pausa nas operações após revelações de que um empresário sul-coreano havia sido brutalmente morto por policiais.