Coalizão árabe ataca posições houthis em Sanaa

Aeronaves da coalizão liderada pela Arábia Saudita bombardearam posições houthis em Sanaa, disseram os meios de comunicação locais.

Aeronaves da coalizão liderada pela Arábia Saudita bombardearam posições houthis em Sanaa, disseram os meios de comunicação locais.

Os houthis, apoiados pelo regime do Irã, disseram que recuperaram o controle de três bases militares, o distrito diplomático e outros bairros da região, mas as forças leais ao ex-presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, negaram as reivindicações dos rebeldes houthis.

A violência desceu sob o Iêmen no final de 2014, quando os houthis, um grupo rebelde do ramo Zaidi do islamismo xiita, marchou em Sanaa e assumiu o controle do governo.

A guerra do Iêmen matou mais de 10 mil pessoas desde 2015, deslocou mais de dois milhões de pessoas, causou um surto de cólera infectando quase um milhão de pessoas e levou o país à beira da fome.

MANCHETE SOBRE O ASSUNTO: Saleh pode trazer a paz ao Iêmen