quinta-feira, 11 de fevereiro de 2021

Cientista iraniano foi morto pelo terrível Mossad

O cientista nuclear iraniano assassinado perto da capital do Irã, Teerã, foi morto por uma arma contrabandeada para o Irã peça por peça pelo Mossad, o serviço de inteligência de Israel, (ao longo de 8 meses), de acordo com Jewish Chronicle.

Segundo o semanário britânico, uma equipe de mais de 20 espiões, composta por cidadãos israelenses e iranianos, executou o ataque de após oito meses de vigilância meticulosa, revelaram fontes de inteligência.

A audaciosa operação teve sucesso em parte porque os serviços de segurança iranianos estavam muito ocupados observando os dissidentes políticos.