terça-feira, 22 de abril de 2014

Grupo islamita do Mali anuncia morte de francês sequestrado em 2012

Refém francês Gilberto Rodrigues Leal foi sequestrado no oeste do Mali. França realiza uma operação militar no país africano desde janeiro de 2013.

O grupo islamita Movimento para a Unidade e a Jihad na África Ocidental (MUYAO) anunciou, nesta terça-feira (22), a morte do refém francês Gilberto Rodrigues Leal, sequestrado em novembro de 2012 no oeste do Mali.

"Anunciamos a morte de Rodrigues. Morreu porque a França é nossa inimiga", declarou em uma breve conversa telefônica com a agência France Presse Yoro Abdoul Salam, dirigente do MUAYO, que não esclareceu quando nem em que circunstâncias morreu o refém.

A França realiza uma operação militar no Mali, denominada "Serval", desde 11 de janeiro de 2013 para acabar com ocupação do norte do país por grupos islamitas vinculados à Al-Qaeda que ameaçavam avançar para o sul e até a capital Bamako.