quinta-feira, 26 de junho de 2014

Michell Hilton

Filme critica quem mente no Facebook para ser popular


Curta-metragem norueguês ganhou popularidade na rede de Mark Zuckerberg depois de ser publicado no YouTube e compartilhado no fórum Reddit.

Um curta-metragem dirigido e escrito pelo diretor norueguês Shaun Higton, de 31 anos, ganhou popularidade no Facebook por justamente fazer uma crítica à rede e também a, digamos, um certo tipo de usuário. O filme What's on Your Mind? (no que você está pensando? - em português) conta a história de um personagem que mente sobre a sua vida para ganhar novos "curtir" em seus posts e transformar a sua rotina em algo mais glamouroso e perfeito — pelo menos para seus colegas. O vídeo foi publicado no YouTube e compartilhado no fórum Reddit e no site de humor 9GAG. O curta-metragem já foi visualizado mais de 1 milhão de vezes.

Segundo Higton, que vive em Oslo, na Noruega, a ideia do filme surgiu quando ele começou a reparar que as atualizações de seus amigos e dos amigos de seus amigos eram muito mais divertidas do que parecia ser a sua própria vida. "Logo pensei: não é possível que todo mundo tenha uma vida tão legal e a minha seja tão comum", contou o cineasta. "De repente, veio-me à cabeça a ideia de um curta sobre alguém que mentia mais e mais no Facebook enquanto sua vida, na realidade, ia se tornando cada vez mais caótica", explicou o norueguês.

Um curta-metragem dirigido e escrito pelo diretor norueguês Shaun Higton, de 31 anos, ganhou popularidade no Facebook por justamente fazer uma crítica à rede e também a, digamos, um certo tipo de usuário. O filme What's on Your Mind? (no que você está pensando? - em português) conta a história de um personagem que mente sobre a sua vida para ganhar novos "curtir" em seus posts e transformar a sua rotina em algo mais glamouroso e perfeito — pelo menos para seus colegas. O vídeo foi publicado no YouTube e compartilhado no fórum Reddit e no site de humor 9GAG. O curta-metragem já foi visualizado mais de 1 milhão de vezes.

Segundo Higton, que vive em Oslo, na Noruega, a ideia do filme surgiu quando ele começou a reparar que as atualizações de seus amigos e dos amigos de seus amigos eram muito mais divertidas do que parecia ser a sua própria vida. "Logo pensei: não é possível que todo mundo tenha uma vida tão legal e a minha seja tão comum", contou o cineasta ao site de VEJA por e-mail. "De repente, veio-me à cabeça a ideia de um curta sobre alguém que mentia mais e mais no Facebook enquanto sua vida, na realidade, ia se tornando cada vez mais caótica", explicou o norueguês.





Comente com o Facebook: