quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Michell Hilton

Brasileiras são obrigadas a usar véu em competição de taekwondo no Irã

Brasileiras são obrigadas a usar véu em competição de taekwondo no Irã

Seleção que disputa o Mundial Militar posa para foto com hijab, acessório para as mulheres utilizarem na cabeça. "Temos que andar todas cobertas", diz Talisca Reis.

Menos de 15 dias após fazer um ensaio fotográfico, a atleta de taekwondo Talisca Reis, representante brasileira na categoria até 49kg, está no Irã para a disputa do Campeonato Mundial Militar, que tem início neste sábado com a cerimônia de abertura e o início das disputas entre as mulheres. Em um país rígido quanto às regras do uso de roupas para as mulheres, a atleta está sendo obrigada a utilizar o hijab, uma espécie de véu, cobrindo a cabeça.

Estamos tendo que usar véu sim. Só dentro do quarto que não precisa. Está fazendo muito calor, tempo seco e temos que andar todas cobertas. Estou sofrendo um pouco, mas gostando da experiência de uma nova cultura - disse a atleta.

O Mundial Militar terá dois dias de disputas femininas e outros dois com lutas masculinas. Não poderá haver torcedores do sexo oposto durante os confrontos. A atleta afirmou que mais detalhes serão dados nesta sexta-feira, quando acontece a pesagem, pela organização do evento.

Amanhã vamos ter todas as informações. Vamos saber se a competição vai ser em um lugar separado dos homens, se vamos usar o véu para lutar e até se vamos poder estar na cerimônia de abertura ou como vamos fazer, já que, com o uniforme militar, não podemos usar véu na cabeça. Temos todos esses mistérios para serem descobertos amanhã (sexta-feira) - relatou.

Campeão dos Jogos Pan-Americanos de 2007 e quinto colocado nas Olimpíadas de Londres 2012, Diogo Silva achou o formato diferente.

É um pouco estranho a gente viajar como seleção e não poder torcer para as meninas da nossa equipe, mas se o país que estamos exigir isso, temos que respeitar - comentou o atleta.

A delegação brasileira é formada por 14 atletas, sete homens e sete mulheres, e a competição dá para o campeão dez pontos no ranking mundial.