sábado, 13 de setembro de 2014

Prefeito que fumou crack descobre tumor e desiste de reeleição

Rob Ford, o prefeito das atitudes controversas, pretendia continuar comandando Toronto. Mas não deve se desligar totalmente da política local

Prefeito que fumou crack descobre tumor e desiste de reeleição

O prefeito de Toronto, no Canadá, Rob Ford, comunicou nesta sexta-feira a retirada de sua candidatura à reeleição, depois de receber o diagnóstico de um tumor no abdômen. Na última quarta-feira, ele foi internado por causa das dores que vinha sentindo nos últimos meses. Seu irmão e braço-direito na política, Doug Ford, vai substituí-lo na disputa eleitoral de outubro.

Mas o prefeito não vai se desligar totalmente da política. Mesmo em tratamento, ele vai disputar o cargo de vereador por Etobicoke, um dos seis distritos que integram Toronto. Eleito em 2010 com 47% dos votos, Rob Ford tornou-se conhecido mundialmente ao aparecer em vídeo fumando crack.

Em comunicado divulgado nesta sexta, o prefeito afirmou ter sido uma “honra” governar a cidade. “As pessoas me conhecem por ser um cara que enfrenta os desafios e nunca desiste. Agora, essa pode ser a batalha da minha vida, e quero dizer às pessoas de Toronto que vou enfrentá-la de cabeça erguida. E vou vencê-la”, declarou. A corrida para a prefeitura é liderada pela ex-parlamentar Olivia Chow e pelo empresário John Tory.

Histórico – No ano passado, o jornal Toronto Star teve acesso a um vídeo em que Ford aparecia fumando crack ao lado de traficantes. Em um primeiro momento, ele tentou negar o uso de crack, mas acabou admitindo que o vídeo era verdadeiro e disse ter consumido a droga porque estava bêbado. Outras denúncias contra o político não tardaram a aparecer, desde má administração dos recursos públicos e até uma briga com o cantor pop Justin Bieber.

Diante das denúncias, o conselho da cidade impediu Ford de exercer a maioria dos seus poderes como prefeito, mas ele ainda contava com o apoio dos moradores de subúrbios e de parte do eleitorado jovem de Toronto. Este ano, Rob Ford ficou dois meses afastado do cargo, período em que buscou tratamento em uma clínica de reabilitação, e só retomou suas funções em junho.