quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Google chinês faz primeiro investimento no Brasil e vai controlar Peixe Urbano

O Baidu, gigante das buscas conhecido como ‘Google chinês’, anunciou nesta quinta-feira seu primeiro investimento no Brasil. A empresa comprou o controle do site de compras coletivas Peixe Urbano, mas não revela quanto investiu, nem qual será sua participação entre os acionistas. “O Baidu oferecerá capital e tecnologia para a empresa brasileira, mantendo a atual equipe à frente das operações, a fim de consolidar o Peixe Urbano como uma das principais empresas de internet do país”, disse a companhia chinesa, em comunicado.

O Baidu domina com folga o mercado de buscas na China, com mais de 80% de participação de mercado. Lançado em 2000, iniciou seu processo de internacionalização em 2005, ao abrir capital na Nasdaq, a bolsa de valores que reúne empresas de tecnologia. O principal objetivo da empresa agora é ganhar relevância em mercados emergentes, como o Brasil. A operação internacional é tão importante que cerca de 10.000 funcionários estão concentrados em uma unidade em Shenzhen, no sul da China, para explorar estratégias para o resto do mundo.

Em julho de 2012, a empresa começou a oferecer seu primeiro serviço em português, uma versão do Hao123, um diretório de links que também permite a pesquisa de conteúdos na internet. A operação da empresa no país, porém, só foi iniciada oficialmente em novembro de 2013, ainda sem o buscador. Em julho de 2014, durante a visita de Xi Jinping, presidente da China ao Brasil, Robin Li, presidente-executivo e fundador do Baidu, anunciou a chegada de sua ferramenta de busca ao país. O executivo se comprometeu a investir 120 milhões de reais no Brasil nos próximos três anos – o que já sinalizava que aquisições de empresas locais estariam nos planos da empresa.

“Ter uma das mais importantes empresas de tecnologia do mundo como sócia é um enorme reconhecimento, fruto do que construímos no Brasil ao longo dos últimos quatro anos”, disse Julio Vasconcelos, cofundador e CEO do Peixe Urbano, em comunicado. O site, considerado o primeiro brasileiro no segmento de compras coletivas, foi fundado no início de 2010. Com o declínio do segmento de compras coletivas nos últimos anos, a empresa mudou sua estratégia para se tornar um site de comércio eletrônico focado em ofertas locais e atualmente tem mais de 20 milhões de usuários cadastrados.

Segundo o Baidu, o investimento no Peixe Urbano é prova de que o Brasil é um dos mercados prioritários para a companhia. A meta da companhia é ampliar o uso de seus serviços para metade da população mundial nos próximos cinco anos.