quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Coreia do Norte proibe turistas estrangeiros por causa de temores de Ebola

Nos últimos meses, a Coreia do Norte tomou medidas para incentivar os turistas estrangeiros - e suas carteiras - a visitar o país geralmente reservado. Mas esses esforços agora estão em espera por causa do medo de Ebola.

Coreia do Norte proibe turistas estrangeiros por causa de temores de Ebola

Os turistas estrangeiros deixarão de ser autorizados a entrar no país a partir sexta-feira, os operadores turísticos têm dito.

"Acabamos de receber notícias dos seus parceiros de viagem na Coreia do Norte, que a partir de amanhã turistas de todos os países (24 de outubro de 2014), independentemente de onde eles visitaram recentemente, será temporariamente suspensa a entrada de a Coreia do Norte como uma medida rigorosa de proteção contra o recente surto de Ebola no mundo, "Jovens Pioneer Tours postou em seu site.

A empresa de turismo informou que ainda está à espera de confirmação direta de autoridades em Pyongyang.

Os turistas estrangeiros foram previamente autorizados a visitar o país, desde que se registrar com tours aprovados pelo governo. No entanto, o Departamento de Estado dos EUA desaconselha americanos visitam: Vários turistas norte-americanos foram detidos recentemente.

"Três dias atrás, eles disseram que qualquer um que foi para a África Ocidental teria que fornecer um atestado médico informando que eles não têm Ebola", Gareth Johnson, fundador da Jovem Pioneer, disse The New York Times. "E então, hoje, eles apenas disse que não turistas estrangeiros em tudo."

A partir de um acampamento de verão aberta a crianças estrangeiras, para abrir a maratona de Pyongyang para corredores amadores estrangeiros, não houve falta de atividades disponíveis para os viajantes curiosos.

A proibição, no entanto, se aplica a todos os turistas estrangeiros, independentemente de terem recentemente visitou os três países mais afectados pelo vírus Ebola: Serra Leoa, Guiné e Libéria.

Não houve casos de Ebola confirmados na Ásia.

Tem algo a acrescentar a esta história? Compartilhe nos comentários.