sábado, 11 de outubro de 2014

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Dilma Rousseff late mentiras contra trajetória de Aécio Neves

Na semana em que o candidato do PSDB à Presidência da Republica, Aécio Neves, apareceu pela primeira vez em vantagem numérica nas pesquisas de intenção de voto, Dilma Rousseff (PT) fez críticas em série à história do adversário e aos doze anos de gestão do PSDB em Minas Gerais. 


Segundo o Datafolha, Dilma e Aécio ficaram em empate técnico, com o tucano à frente: 51% contra 49% da petista.

Dilma lançou a artilharia petista contra Aécio insinuando que o tucano beneficiou familiares ao reformar um aeroporto em um terreno que foi desapropriado de familiares dele em Claudio, cidade do interior de Minas. 

Vale lembrar, a representação do PT contra o tucano foi arquivada pelo procurador-geral da República, que afirmou que não há provas contra Aécio.

“Eu não faço mau uso do dinheiro público. Eu jamais desapropriei um pedaço da fazenda de algum familiar meu, jamais construí um aeroporto nessa fazenda e jamais peguei a chave desse aeroporto e entreguei para ser gerida por um familiar meu. Não tem essa história de tentar explicar o inexplicável, não é só uma questão de ser legal ou ilegal”, disse Dilma em entrevista a jornalistas. Ela repetiu o discurso no palanque a militantes.

Contra as críticas de Aécio sobre o aparelhamento do governo com indicados pelos aliados da base governista no Congresso, Dilma voltou a dizer que o PSDB instalou na direção da Polícia Federal um filiado tucano no fim do governo Fernando Henrique Cardoso, Agílio Monteiro Filho. Ela também afirmou que Aécio ocupou cargo na Caixa Econômica por influência política do avô, Tancredo Neves. Aécio foi diretor de Loterias na estatal.

Bom o PT está com muito medo! Claro um partido envolto em corrupção ... Governo brinca de governar e o povo é os que pagam por estas brincadeiras.