quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

UPA em Foz do Iguaçu é interditado por suspeita de ebola!


Paciente relatou que esteve em Serra Leoa, informou secretário de Saúde. Usuários e profissionais de saúde estão isolados desde as 9h na unidade.

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, está interditada desde as 9h desta quinta-feira (16) por causa de um paciente com suspeita de ebola, informou o secretário Municipal de Saúde, Charles Bortoli. O paciente, diz, relatou que esteve em Serra Leoa – um dos países com epidemia da doença há 23 dias.

Usuários e profissionais de saúde estão isolados da unidade conforme os protocolos internacionais de prevenção da doença. Ruas de acesso à UPA também foram interditadas pela Guarda Municipal e pela Polícia Militar.

Ainda segundo o secretário, além de ebola, suspeita-se que o paciente possa estar com malária. “A primeira decisão foi isolá-lo, fechar a UPA e informar a Secretaria de Estado da Saúde, que deve indicar os próximos passos”, explicou ao adiantar que está sendo apurado o perfil. “Ainda não é possível afirmar quantas pessoas estão na unidade”, completou. Homem deve ser levado em um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) para o Rio de Janeiro.

Obrigado governo pelo controle rigoroso de pessoas vindas destas regiões ... realmente estão de parabéns!

Atualizado 12:21

A Secretaria de Saúde do Paraná informou que o caso suspeito de ebola registrado na manhã de hoje (16) em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) de Foz do Iguaçu já foi descartado.

De acordo com a assessoria de imprensa, houve dificuldade na comunicação com o paciente no momento do atendimento e a secretaria entendeu que ele tinha passado por Serra Leoa, país atingido pela epidemia de ebola.

Após fotografar o passaporte do paciente, a secretaria informou que o homem não passou por nenhum país africano, mas pela China, por Dubai, pelo Líbano e pela Itália.

O paciente buscou atendimento médico depois de apresentar febre e náuseas. Ele ficou em isolamento, junto aos profissionais de saúde e demais pessoas que estavam na unidade por algumas horas na manhã de hoje. Ainda não há informações sobre se a UPA João Samek já foi liberada para atendimento à população.