terça-feira, 4 de novembro de 2014

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Polícia atira em sequestrador que fazia mulher refém em Brasília

Policiais militares conseguiram render o homem armado com duas facas que fazia uma mulher refém em frente ao Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal, no início da tarde desta terça-feira.

Polícia atira em sequestrador que fazia mulher refém em Brasília

A refém foi levada para o hospital, mas estava sem ferimentos. Segundo a polícia, a vítima é funcionária do Tribunal de Justiça.

O homem foi atingido por balas de borracha quando o negociador tentava fazer com que ele se rendesse. Os negociadores da polícia disseram que ele estava "com as ideias atrapalhadas" e que não ficou claro qual era o objetivo do sequestrador. Ele foi levado para a delegacia.

Pouco antes de fazer a mulher refém, o homem tentou invadir o Palácio do Buriti, sede do governo do Distrito Federal, com um carro. Ele desceu do veículo armado com duas facas e tentou quebrar uma janela de vidro do edifício.

O tenente-coronel Souza Oliveira, responsável pela segurança do Palácio do Buriti, disse que o homem "não falava coisa com coisa". "Ele tentou entrar no palácio, chegou em um carro em alta velocidade, tentou quebrar o vidro para entrar. Quando chegou no limite de risco de vida para a vítima, aí houve a operação [da polícia], com todo sucesso, sem dano", afirmou.

De bermuda e camiseta, o homem dizia coisas sem sentido o tempo todo. "Mataram a minha família todinha. Gente inocente. Vocês mataram minha família. Não fui eu que fiz", ele dizia.

Quando a polícia fez um cordão de isolamento, ele passou a falar com os jornalistas que acompanhavam o caso. "Eles estão tirando vocês de perto de mim para fazer covardia comigo", disse."Vou contar até dez para a Dilma chegar aqui. Quero a Dilma", afirmou.