segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Michell Hilton, Blog MichellHilton, tecnologia, notícias, mercado, mercado financeiro, economia, blog, noticias, noticias de tecnologia

Rosberg e Hamilton, uma dupla recordista, mas ainda rachada

Rosberg e Hamilton, uma dupla recordista, mas ainda rachada

2014 remete a um dos melhores momentos da Fórmula 1: a dupla da Mercedes, Lewis Hamilton e Nico Rosberg, quebrou uma marca alcançada por dois dos maiores pilotos da história: Alain Prost e Ayrton Senna.
  Com a dobradinha conquistada em Interlagos neste domingo, o time alemão chegou com seus dois carros na frente de todos os outros pela décima primeira vez este ano. A Mercedes superou as 10 dobradinhas da McLaren, com Senna e Prost, na temporada de 1988.

No GP do Brasil, Rosberg ficou à frente de Hamilton e diminuiu a vantagem do companheiro de equipe para 17 pontos. Mesmo se vencer na última prova, em Abu Dhabi, daqui duas semanas, o alemão precisa torcer para que a sequência de dobradinhas da Mercedes pare por aqui - se Hamilton chegar em segundo, leva o Mundial de pilotos. Perguntado sobre quem é o piloto do grid que pode ajudá-lo nessa missão, Rosberg voltou-se para o lado na sala de entrevistas e apertou o ombro de Felipe Massa. "Ele é o cara", disse Nico. Felipe respondeu: "Eu quero vencer…" Rosberg riu amarelo e disse: "Não preciso de tanta ajuda assim."