sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

Michell Hilton

Até Argentino é indicado ao Oscar e o Brasil não!

As produções cinematográficas brasileiras estão deixando a desejar ultimamente, tanto que nenhum foi indicado ao Oscar, enquanto a Argentina foi.

Cinema

Dirigido por Damian Szifron, o longa-metragem reúne seis relatos, cujos personagens reagem de forma violenta a determinados acontecimentos. Em uma das histórias, Ricardo Darin, um dos principais atores da atualidade na Argentina, faz o papel de um especialista em demolição, cujo carro é rebocado por estar mal estacionado. A partir daí, a situação dele vai de mal a pior, o que o leva a tomar medidas drásticas.

O site Último Segundo publicou uma matéria dando cinco motivos para assistir “Relatos Selvagens”, e comparou o título com as recentes comédias nacionais. “Como muitas comédias brasileiras, ‘Relatos Selvagens’ foi sucesso de bilheteria: fez 3 milhões de espectadores e se tornou o longa mais visto do ano na Argentina. Isto, porém, sem o humor rasteiro e as piadas sobre flatulência que caracterizam, por exemplo, ‘O Candidato Honesto’, para citar um filme nacional atualmente em cartaz” (a mátéria é de outubro de 2014). O portal ainda descreve o humor da produção argentina como sofisticada e inteligente.

No Brasil, a expectativa era que “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho” fosse indicado, mas isso acabou não acontecendo. “Relatos Selvagens” está no catálogo da produtora “El Deseo”, fundada pelo cineasta espanhol e seu irmão mais novo, Agustín Almodóvar.