quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Michell Hilton

Britânica Tess Christian ficou 40 anos sem sorrir

Britânica ficou 40 anos sem sorrir

A britânica Tess Christian ficou 40 anos sem sorrir para não desenvolver rugas no rosto.
  Tess não sorriu em seu casamento nem no dia do nascimento da filha. “Treinei uma maneira de controlar a minha musculatura facial”, explicou ela.

Todos perguntam se ela aplicou botox ou fez algum outro tratamento de beleza. Nada disso, Tess apenas evitou sorrir. Para ela, tamanha dedicação valeu a pena: “Estou com 50 anos e não sorrio desde a adolescência e por isso, não tenho marcas de expressão no rosto”. Segundo Tess, isso é mais efetivo do que usar cremes hidratantes e outros cosméticos.

Não é apenas Tess quem utiliza essa estratégia de beleza. A socialite Kim Kardashian também evita sorrir muito. O dermatologista Nick Lowe concorda com a ideia de Tess e Kardashian: “Rugas aparecem por causa das dobras frequentes nas linhas do sorriso e da testa. O botox reduz a atividade muscular e, por isso, é usado como tratamento antirrugas”.

Entretanto, a psicóloga Amanda Hill desaprova a atitude: “Sorrir é fundamental para a saúde psicológica de qualquer pessoa”. Quando sorrimos, o cérebro recebe uma dose de endorfina. Ou seja, ao sorrir, nosso cérebro “percebe” que estamos felizes e associa essas emoções e momentos. Ficar sem sorrir deve embaralhar a cabeça de quem convive com você, pois a pessoa pode te achar antipática ou que você não gosta dela.

Segundo Tess, tudo começou com sua criação em um colégio católico: “as freiras não gostavam de sorrisos. Com o tempo, aprendi a controlar o gesto”. Quando a filha Stevie nasceu, ela ficou muito emocionada, mas nem assim sorriu. O casamento com Nigel acabou alguns anos depois. Os homens com quem ela sai imploram um sorriso: “digo a eles que não é desinteresse”, explica a sisuda britânica.