quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Três morrem em explosão em navio-plataforma da Petrobras


Um vazamento de gás causou uma explosão na casa de bombas do navio-plataforma da Petrobras FPSO Cidade de São Mateus e deixou pelo menos 3 trabalhadores mortos.

Três morrem em explosão em navio-plataforma da Petrobras

Dizem que tem mais, 4 feridos e 6 desaparecidos no litoral do Espírito Santo nesta quarta-feira, segundo o diretor do Sindicato dos Petroleiros do Estado, Davidson Lombo.

O acidente, que atingiu funcionários terceirizados pela estatal, ocorreu por volta de 14h50 na região litorânea de Aracruz, no norte do Estado. "É um acidente trágico. Não havia acontecido um acidente nessa plataforma antes e o sindicato vai apurar as causas reais", disse Lombo ao site de VEJA, ressaltando o risco de operar plataformas terceirizadas. "Se todas as embarcações fossem ocupadas por plataformas próprias, teríamos menos riscos", afirmou.

Ainda segundo o sindicato, há 33 funcionários deslocados para uma baleeira, uma espécie de embarcação de fuga, e que não sofreram ferimento algum.

A Petrobras ainda não se manifestou sobre o assunto. Segundo o governo do Espírito Santo, ainda não há confirmação sobre mortos e feridos.

O navio-plataforma pertence à BW Offshore, é afretado no campo de Camarupim e pode produzir 35 mil barris de óleo e comprimir até 6 milhóes de metros cúbicos de de gás por dia.

As ações da Petrobras, que operavam em alta nesta quarta-feira, começam a cair. A ação ordinária (ON) recua 0,9%, a 8,75 reais, enquanto a preferencial (PN) cai 0,34%, a 8,89 reais.

Trata-se do segundo acidente da petroleira este ano. Uma explosão no último dia 19, na Refinaria Landulpho Alves (Rlam), na Bahia, deixou três trabalhadores feridos, um deles com queimaduras em 70% do corpo. O acidente aconteceu na Unidade Geradora de Hidrogênio, durante um serviço de manutenção na unidade.



Você tem um blog? Você quer colocar as análises de MichellHilton.com em seu blog/site? Ajude-nos a ajudar você. Envie um e-mail para MichellHilton@Outlook.com.

Assine nossa newsletter

Visão 2030