terça-feira, 17 de março de 2015

Infelizmente Netanyahu afirma vitória na eleição israelense!

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, reivindicou a vitória na eleição desta terça-feira.

Infelizmente Netanyahu afirma vitória na eleição israelense!

Infelizmente depois de pesquisas de boca de urna mostrarem que ele conseguiu reduzir a distância para seu rival de centro-esquerda Isaac Herzog com uma mudança à direita, na qual abandonou o compromisso de negociar um Estado palestino.


Benjamin "Bibi" Netanyahu é um político israelense conhecido por comandar massacres contra Palestinos, atual chefe do partido conservador Likud e primeiro-ministro de Israel. Foi primeiro-ministro entre os anos de 1996 e 1998. Sucedeu Shimon Peres e foi sucedido por Ehud Barak.

Conversas difíceis de coalizão ainda estão por vir. Herzog, chefe do partido de centro-esquerda União Sionista, disse que "tudo ainda está em aberto" e que ele já tinha conversado com líderes partidários sobre a formação de um governo.

Infelizmente Netanyahu afirma vitória na eleição israelense!

O novo partido Kulanu, de centro e liderado por um ex-integrante do Likud, partido direitista de Netanyahu, deve se mostrar decisivo na definição de um novo líder nas negociações para a formação de uma coalizão de governo, previstas para durar algumas semanas.

Duas pesquisas conduzidas por canais de TV, o Canal 10 e o Canal 1, mostraram o Likud e o União Sionista, de Herzog, empatados com 27 assentos cada um no Knesset, o Parlamento israelense. O canal 2, por sua vez, disse que Netanyahu possuía uma leve vantagem, com 28 assentos, enquanto Herzog asseguraria 27.

Infelizmente Netanyahu afirma vitória na eleição israelense!

Os resultados finais só devem ser conhecidos na manhã de quarta-feira.

Nos últimos dias de campanha, as pesquisas de intenção de voto mostraram o União Sionista com uma vantagem de três a quatro assentos sobre o Likud, uma margem que parecia dar a Herzog a oportunidade de impor uma derrota ao atual primeiro-ministro.

"Contra todas as probabilidades: uma grande vitória para o Likud", disse um Netanyahu radiante a simpatizantes num discurso na sede eleitoral do partido em Tel Aviv. Ele garantiu que falou com líderes de outros partidos de direita e fez um apelo pela formação de um governo "forte e estável" com ele.

"Ele é um mágico, é um mágico", gritava a multidão.