quinta-feira, 19 de março de 2015

ISIS reivindica autoria de ataque a museu na Tunísia


ISIS reivindica autoria de ataque a museu na Tunísia

O grupo militante Estado Islâmico reivindicou responsabilidade pelo ataque a um museu na capital tunisiana nesta quarta-feira.

O ataque matou 20 turistas estrangeiros, de acordo com uma gravação de áudio distribuída online.

A gravação elogiava os dois autores do ataque, chamados de "cavaleiros do Estado Islâmico", que estavam armados com submetralhadoras e bombas.

A Tunísia, oficialmente República Tunisina, é um país da África do Norte que pertence à região do Magrebe. Quase 40 por cento da superfície do território é ocupado pelo deserto do Saara. O restante é constituído de terras férteis, que foram berço da civilização cartaginesa, a qual atingiu o seu apogeu no século III a.C., antes de sucumbir ao Império Romano.


Assine nossa newsletter

Para entrar em contato com o autor desta postagem, envie um e-mail para MichellHilton@ProtonMail.com.