quinta-feira, 5 de março de 2015

Militantes ISIS arrasam antigo sítio arqueológico no Iraque

Militantes Estado islâmico teriam "intimidado" o sítio arqueológico antigo Nimrud, que remonta ao século 13 aC, perto da cidade de Mosul.

Militantes ISIS atacam antigo sítio arqueológico no Iraque

Nimrud, localizado às margens do rio Tigre, a 18 milhas ao sudeste de Mosul, é um dos sítios arqueológicos mais importantes assírios do mundo, mas tem sido ameaçada por saques e danos desde a invasão liderada pelos Estados Unidos em 2003.

VEJA TAMBÉM: Boko Haram mostram as decapitações em novo vídeo!

A declaração, postada na página do Facebook do ministério quinta-feira, não elabora sobre a extensão dos danos, dizendo apenas que o grupo continua a "desafiar a vontade do mundo e os sentimentos de humanidade" com este último ato.

Em outro comunicado publicado no site, o ministério pediu ao Conselho de Segurança da ONU a se envolver.

"O Iraque representa a primeira linha de defesa contra este ataque e a necessidade de pôr fim a esta situação trágica ... ficar com a gente contra os inimigos da civilização e da humanidade", dizia o comunicado.

A segunda maior cidade do Iraque, Mosul, tem estado sob o controlo do Estado islâmico desde junho. O movimento é apenas o mais recente de uma série de ações por parte do grupo que tem como alvo áreas de importância cultural, incluindo sítios arqueológicos e artefatos inestimáveis, alegando que eles promovem apostasia.