sexta-feira, 24 de abril de 2015

Angelina Jolie critica ONU, diz que crise de refugiados da Síria é 'doentio'


Angelina Jolie critica ONU, diz que crise de refugiados da Síria é 'doentio'

Angelina Jolie fala nas Nações Unidas sobre a questão da crise de refugiados em curso na Síria em 24 de abril de 2015, em New York, NY.

"Não podemos olhar para a Síria, e o mal que surgiu das cinzas da indecisão, e acho que este não é o ponto mais baixo da incapacidade do mundo para proteger e defender os inocentes", Jolie, enviado especial da ONU para os refugiados, falando ao conselho.

Jolie já viajou para a região 11 vezes desde a guerra civil da Síria que começou em 2011. Perto de 4 milhões de sírios fugiram do país e estão vivendo como refugiados na região e no exterior.

"Cerca de 4 milhões de refugiados sírios são vítimas de um conflito que não têm parte, no entanto, são estigmatizadas, não desejados, e considerados como um fardo", Jolie acrescentou.

Jolie falou da realidade enfrentada por aqueles no terreno da Síria, dizendo que, embora o direito humanitário internacional proíba a tortura, fome e os ataques nas escolas e hospitais, "esses crimes estão acontecendo todos os dias" no país.

"O Conselho de Segurança tem poderes para enfrentar essas ameaças à paz e à segurança internacional, mas esses poderes não estão fazendo nada", disse Jolie.

"A ONU adotou a responsabilidade de proteger conceitos - dizendo que quando um Estado não pode proteger o seu povo a comunidade internacional não vai ficar parada, mas estamos de pé por horas para o que está acontecendo na Síria."



Você tem um blog? Você quer colocar as análises de MichellHilton.com em seu blog/site? Ajude-nos a ajudar você. Envie um e-mail para MichellHilton@Outlook.com.

Assine nossa newsletter

Visão 2030