quinta-feira, 23 de abril de 2015

Michell Hilton

As técnicas de guerra psicológica!


As técnicas de guerra psicológica usadas pela CIA através da mídia.

"Onde faltam circunstâncias ou provas necessárias para apoiar uma intervenção, a CIA cria ou inventa as situações apropriadas e distribui-as mundialmente através das suas operações de media. De acordo com o seu objectivo as operações de guerra psicológica podem classificar-se em estabilizadoras e desestabilizadoras. No caso de se tratar de um governo amigo, a propaganda da CIA procura criar una imagem positiva do regime para apoiar sua estabilidade. A desestabilização é uma expressão que se tornou famosa quando o ex-diretor da CIA, William Colby, utilizou-a para descrever o que a agência havia feito no Chile. Depois de estudar o cimento que mantém unida a sociedade, o seu conhecimento é usado para desuni-la. O Manual de Operações Psicológicas recomenda: "estimular divergências entre militares e políticos; minar a confiança nos dirigentes; espicaçar as diferenças de elementos religiosos, étnicos, políticos e econômico entre si e contra o governo; fortalecer os líderes amigos e debilitar os inimigos". 

Regra do exagero e da simplificação: a escolha de notícias que interessam e a sua desfiguração é muito comum na rádio, na televisão e nos jornais ao serviço da CIA.