09/04/2015

Homem dispara em tribunal e mata juiz e advogado em Milão


Um homem em julgamento por falência matou a tiros um juiz, um advogado e outro réu no Palácio da Justiça de Milão.

Disparos em tribunal e mata juiz e advogado em Milão

A polícia prendeu o homem, Claudio Giardiello, na cidade de Vimercate, ao norte da capital financeira italiana, disse o ministro do Interior, Angelino Alfano, em sua conta no Twitter. O criminoso estava sendo mantido preso em um quartel militar próximo.

Uma quarta pessoa foi encontrada morta sem sinais de violência - acredita-se que ela possa ter tido um problema de saúde, como um ataque cardíaco. Não foram divulgados mais detalhes.

De acordo com a polícia, o atirador era réu em um caso de falência fraudulenta. Ele chegou a se esconder no prédio e fugir do local de moto, mas foi preso pelas autoridades.

Disparos em tribunal e mata juiz e advogado em Milão

O incidente ocorreu por volta das 11h locais (6h em Brasília).

De acordo com testemunhas, o suspeito abriu fogo após seu advogado abandonar o caso. ainda não está claro como ele conseguiu entrar armado no prédio. Um funcionário disse ao jornal "La Repubblica" que o detector de metais do prédio estava quebrado nesta manhã.

Segundo os jornais do país, o juiz de falências Fernando Ciampi está entre as vítimas. ele seria testemunha no caso contra Giardiello.

"De repente escutamos três ou quatro tiros. Nós tentávamos entender o que acontecia quando vários policiais apareceram e ordenaram que a permanência nas salas, trancados", contou à AFP o advogado Marcello Ilia.

O incidente levanta questões sobre a segurança em locais públicos da cidade a menos de um mês da abertura da Milan Expo, em maio, primeira vez que a cidade recebe a feira de comércio internacional em mais de 100 anos.


Hilton Hotels

Se você gosta dos relatórios de MichellHilton.com, deixe (seu e-mail aqui) para se inscrever no meu boletim informativo semanal.