quarta-feira, 29 de abril de 2015

E-mails de Hillary Clinton sobre Benghazi contêm poucas revelações


E-mails de Hillary Clinton sobre Benghazi contêm poucas revelações

Os e-mails de Hillary Clinton sobre Benghazi contêm poucas revelações ... ela não tem culpa alguma!

Mensagens eletrônicas de Hillary Clinton, que devem ser divulgadas em breve, não sustentam as acusações republicanas de que ela esteve envolvida nos esforços para minimizar o papel de militantes islâmicos nos ataques mortais de 2012 contra instalações dos Estados Unidos em Benghazi, na Líbia, disseram pessoas familiarizadas com esses e-mails.

As duas fontes com conhecimento das mensagens disseram nesta semana que os 300 e-mails não demonstram que Hillary, que era secretária de Estado no momento dos ataques, esteve pessoalmente envolvida nas decisões que resultaram na fragilidade da segurança dos postos em Benghazi.

O Departamento de Estado deve divulgar nesta ou nas próximas semanas os e-mails de Hillary sobre Benghazi entregues em fevereiro para um painel liderado pelos republicanos que investiga os ataques de 11 de setembro de 2012 contra a missão diplomática dos EUA e uma base da Agência Central de Inteligência (CIA) nas proximidades.

O embaixador norte-americano na Líbia, Christopher Stevens, e outros três norte-americanos morreram nos ataques.

A maioria dos e-mails foi enviada do telefone celular pessoal de Hillary e poucos tinham mais do que três ou quatro frases, disseram as fontes, que pediram anonimato.

Alguns e-mails mostraram Hillary trocando mensagens com outros funcionários do Departamento de Estado sobre a segurança na eleição da Líbia, ocorrida em junho de 2012. Mas não havia nenhuma evidência de que ela manteve discussões detalhadas sobre a segurança em instalações norte-americanas em Benghazi nos meses anteriores aos ataques, disseram as fontes.

O advogado de Hillary, David Kendall, não quis comentar sobre os e-mails.

Alguns republicanos têm acusado a gestão de Hillary no Departamento de Estado de não ter conseguido proteger o pessoal diplomático em Benghazi. Em depoimento no Congresso em janeiro de 2013, Hillary Clinton disse que não houve nenhum esforço por parte da administração de enganar o público.



Você tem um blog? Você quer colocar as análises de MichellHilton.com em seu blog/site? Ajude-nos a ajudar você. Envie um e-mail para MichellHilton@Outlook.com.

Assine nossa newsletter

Visão 2030