24/04/2015

Hubble: 25 anos de descobertas e fotografias do outro mundo


Hubble: 25 anos de descobertas e fotografias do outro mundo

O Hubble pode ser visto como o "olho" dos terrestres apontado para o Universo. 

Não é o único equipamento que está encarregue de descobrir novos astros, mas é um dos que tem o currículo mais preenchido.

A 24 de abril de 1990 O telescópio Hubble era lançado para o espaço a bordo do vaivém espacial Discovery. Construído pela Agência Espacial Norte-Americana (NASA), mas com a colaboração dos correspondentes europeus da ESA, tem desde então tido um papel de grande importância na área de investigação da astronomia.

Hoje o produto da engenharia do Homem celebra o seu 25º aniversário e para a história vão ficar muitas das fotografias que o telescópio espacial tem conseguido durante as suas inúmeras horas de trabalho.

"O telescópio excedeu todas as nossas expectativas, cientificamente, a maneira como teve impacto na cultura, a maneira como as pessoas o adotaram como o seu próprio telescópio. Tem sido uma história de grande sucesso, provavelmente a história de maior sucesso da NASA ao longo dos anos, pelo menos fora dos programas espaciais com humanos", disse um dos investigadores que trabalha com o Hubble, Kenneth G. Carpenter, citado pela Euronews.

Ao todo o "olho" da NASA já fez mais de 1,2 milhões de observações e já contribuiu para inúmeras descobertas científicas, incluído a revelação de indícios sobre a existência de matéria negra.

E apesar de continuar a revelar imagens novas do Universo e dos seus fenómenos, o sucessor espiritual do Hubble já está a ser preparado e deverá ser lançado para o espaço em 2018 - o James Webb Space Observatory deverá ser uma das grandes apostas dos cientistas para a próxima década no que diz respeito à exploração espacial.


Se você gosta dos relatórios de MichellHilton.com, deixe (seu e-mail aqui) para se inscrever no meu boletim informativo semanal.