segunda-feira, 6 de abril de 2015

Presos 17 por suposto plano terrorista em Kuala Lumpur


As detenções em Kuala Lampur ocorrem em meio a polêmica sobre as novas leis anti-terror que irá reintroduzir a detenção indefinida sem julgamento.

Presos 17 por suposto plano de ataque terrorista em Kuala Lumpur

O chefe da polícia da Malásia disse segunda-feira que 17 supostos militantes foram detidos por supostamente conspirar para cometer atos de terrorismo na maior cidade do país, Kuala Lumpur.

Inspector-Geral da Polícia Khalid Abu Bakar, disse o 17 foram detidos domingo. Khalid twittou que dois deles tinha acabado de voltar da Síria. Ele não deu detalhes, e um oficial da polícia disse que um comunicado será emitido mais tarde.

Desde o ano passado, o governo deteve dezenas de malaios que se acredita serem partidários do grupo militante Estado Islâmico.

As últimas detenções veio poucos dias depois de o Ministério do Interior propôs duas novas leis anti-terror que irá reintroduzir a detenção indefinida sem julgamento e permitir a apreensão de passaportes de qualquer pessoa suspeita de apoiar atos terroristas em uma tentativa de conter a suspeitos atividades militantes no país.

Os projetos de lei serão debatidos no Parlamento esta semana.


INSCREVA-SE NA NEWSLETTER!