sábado, 4 de abril de 2015

Saleh do Iêmen pode possuir armas químicas

O porta-voz das forças da coalizão liderada pelos sauditas, não descartou a possibilidade de que o ex-presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh estar em posse de armas químicas, a Agência de Imprensa Saudita diz.

Saleh do Iêmen pode possuir armas químicas

Brig. Gen. Ahmed Asiri disse que Saleh é um homem imprevisível e que qualquer comportamento pode ser esperado para manter a sua posição. Asiri fez as declarações durante uma sessão diário em Riade na Arábia.

VEJA TAMBÉM: Capital do Iêmen está sob ataque

Durante o breve diário nono, Asiri também disse que, se verdadeira, a coalizão liderada pela Arábia iria, imediatamente, retaliar para proteger as pessoas iemenitas.

Ele acrescentou que a coalizão está tomando precauções extremas e considerando todas as possibilidades.

A violência tem a escalada acentuada no Iêmen após uma campanha aérea da Arábia que foi lançada em 26 de março para parar um avanço por rebeldes apoiados pelo Irã Houthi que forçaram o presidente Abedrabbu Mansour Hadi a fugir para a Arábia Saudita.

As Nações Unidas estão apoiando Hadi como líder legítimo do Iêmen em face da revolta Houthi que mergulhou o mau estado árabe no caos.

Os Houthis e miltias do líder deposto Saleh tomou o poder na capital Sanaa em fevereiro e no mês passado avançaram sobre a cidade portuária de Aden, a fortaleza de Hadi, forçando-o a ir para o exílio.